aldoO SinproABC – Sindicato dos Professores do ABC manifesta seu repúdio diante da perseguição e injusta condenação que esta sendo submetido o Professor Aldo Santos.

Aldo Santos teve a cassação dos direitos políticos por cinco anos e o bloqueio de bens, inclusive o salário de professor aposentado da rede pública ferindo o direito fundamental garantido na constituição, uma vez que retira seu meio de subsistência.
O Sindicato rejeita essa pratica de perseguição política e a tentativa de criminalizar os movimentos sociais e suas lideranças.

Professor Aldo Santos – Foi vereador por 16 anos em São Bernardo do Campo, presidente da APROFFIB, diretor da APROFFESP, militante sindical da APEOESP e do PSOL – é uma voz contra as injustiças e reconhecido defensor dos direitos democráticos e das lutas sociais.

O processo refere-se ao seu ato de solidariedade à Ocupação Santo Dias - homenagem ao líder sindical dos metalúrgicos, membro da Pastoral Operária de São Paulo, Santo Dias da Silva - que foi morto pela Polícia Militar quando comandava um piquete de greve, no dia 30 de outubro de 1979.
A ocupação da área em São Bernardo do Campo ocorreu no ano de 2003, por famílias sem teto. A atuação de Aldo foi destaque, pois, não poupou esforços e esteve ao lado das centenas de pessoas que compunham a ocupação do terreno.


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Mais Lidas