9d0e78a3

Projeto Sementeira é um projeto social da Associação Beneficente Instituto Francis.

Ele realiza atendimentos para crianças/adolescentes com dificuldades de aprendizagem, nas áreas de Pedagogia, Psicopedagogia, Psicologia e Fonoaudiologia, gratuitamente. Quase todos os profissionais que atendem no Projeto são voluntários!

Esse Projeto iniciou os atendimentos em 2017, tendo o registro no Conselho da Criança e adolescente (CMDCA). Estão com 70 crianças em atendimentos e, em torno de 100 crianças aguardando vaga.

Seguem os links para conhecerem um pouco mais:

www.projetosementeira.org.br

www.francis.org.br

Agora estão iniciando a realização de workshops de atualização, destinado a profissionais da educação e saúde, com temas voltados para a educação especial e inclusiva.

Os encontros serão realizados no anfiteatro da Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo que, gentilmente cederam o espaço.

O Workshop - Educação Inclusiva e as Práticas Escolares será realizado no dia 28 de setembro (sábado) das 9h às 12h com credenciamento às 8h30.

Será entregue certificado de participação! E a renda será integralmente destinada ao Projeto Sementeira!

As inscrições serão realizadas através dos sites:

www.projetosementeira.org.br

www.francis.org.br

 

 

Demissão de professores no ensino superior de SP em debate na Câmara Federal

 

Acompanhe a transmissão ao vivo.https://edemocracia.camara.leg.br/audiencias/sala/1205

 

A Comissão de Trabalho da Câmara dos Deputados realiza, nesta quinta-feira, dia 12, audiência pública para discutir as demissões massivas no ensino superior privado em São Paulo.
A audiência foi requerida pelo deputado federal Orlando Silva (PCdoB) e é parte de uma série de iniciativas tomadas pelo SinproSP e pela Fepesp, depois de demissões massivas ocorridas em grandes instituições de ensino superior.Em junho, a rede Laureate demitiu cerca de 300 professores, dando continuidade a um programa de cortes iniciados em 2017. A Uninove também demitiu outros 300 docentes.
Além das ações na Justiça movidas pelo SinproSP , foram articuladas ações políticas para denunciar as demissões e exigir do poder público maior controle sobre os grupos educacionais. Desde julho, foram realizadas duas audiências públicas na Assembleia Legislativa e agora, a questão será debatida na Câmara dos Deputados.
Para a audiência pública foram convidados a ministra do TRT, Dra. Delaíde Alves Miranda Arantes, o procurador geral do Trabalho, Dr. Alberto Bastos Balazeiro, o secretário das Relações de Trabalho, sr. Mauro Rodrigues de Souza, o ministro da Educação, Sr. Abrahan Weintraub, os companheiros Gilson Reis, coordenador geral da Contee e Celso Napolitano, presidente da Fepesp e diretor do SinproSP, a presidente da Associação Nacional das Universidades Particulares, Sra. Elizabeth Guedes e o presidente da Associação Brasileira das Mantenedoras de Ensino Superior, Sr. Celso Niskier, além do CEO da Laureate Brasil, Sr. Marcelo Cardoso e o presidente da União Nacional dos Estudantes, Iago Montalvão.

Caixa anuncia regras e prazos para saques do FGTS e cotas do PIS.

A Caixa Econômica anunciou o cronograma de liberação do saque imediato de parcela de até 500 reais por conta ativa ou conta inativa do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Além do saque imediato, a MP 889 traz a modalidade do saque aniversário que prevê, a partir de 2020, a possibilidade de o trabalhador retirar, anualmente, um percentual de seu saldo no FGTS.

• E se eu não quiser tirar os 500 reais do fundo?
Você não precisa retirar o valor de até 500 reais de cada conta inativa e da conta ativa do FGTS se não quiser. Basta não ir à Caixa sacar o dinheiro. Quando encerrar o período de saques, em março de 2020, esse valor retornará automaticamente à sua conta do fundo.

• Como devo informar que desejo aderir ao saque anual?
O trabalhador que quiser sacar anualmente um porcentual dos recursos do fundo deve informar a decisão à Caixa a partir de outubro. É importante que quem faz aniversário em janeiro informe ao banco a decisão antes do mês do seu aniversário, e assim sucessivamente, para que possa sacar parte do dinheiro já em 2020.

• Em 2020 não vou sacar no mês do meu aniversário?
Se você fizer aniversário entre janeiro e maio, não. Por conta do calendário de pagamentos de até 500 reais o calendário do saque-aniversário do ano que vem teve de ser adiado. Ao invés de começar em janeiro, irá iniciar em abril. Portanto, de abril a junho, serão pagos os porcentuais para quem nasceu entre janeiro e maio. No segundo semestre do ano que vem, o cronograma será normalizado.

• Como o FGTS será liberado?
Primeiro será liberado, de setembro deste ano a março de 2020, o saque de 500 reais de cada conta inativa e da conta ativa que o trabalhador tem no fundo. Depois, de abril a dezembro de 2020 será liberado o saque-aniversário de 2020 para quem fez a adesão à modalidade: cada trabalhador terá três meses para sacar os valores, conforme cronograma já divulgado.
(confira abaixo).
A partir de 2021, a liberação do saque-aniversário para quem aderiu à modalidade ocorrerá no primeiro dia do mês de aniversário do cotista até o último dia útil nos dois meses subsequentes. Por exemplo: se a data de aniversário for dia 10 de março, o trabalhador terá de 1º de março até o último dia útil de maio para efetuar o saque.

• Tenho conta na Caixa e não quero receber agora. Tenho de avisar o banco?
Se você tem conta-poupança no banco, na qual o dinheiro irá cair automaticamente, sim. Mas, caso você não consiga avisar antes do início dos depósitos, basta informar que deseja que o dinheiro volte a ser depositado no fundo, o que não terá custo algum.

Cronograma

Para quem nasceu em janeiro, fevereiro, março e abril:
13 de setembro de 2019

Para quem nasceu em maio, junho, julho e agosto:
27 de setembro de 2019

Para quem nasceu em setembro, outubro, novembro e dezembro:
9 de dezembro de 2019

Fonte : (via exame)

ABC: Sinpro lança “Programa Análise & Crítica”


Série de vídeos do SinproABC discutirá conjuntura nacional e categoria docente como peça fundamental de resistência política

Neste primeiro vídeo, Marcelo Buzzeto, diretor do SinproABC, pincela temas urgentes do noticiário brasileiro: queimadas na Amazônia, cortes na educação, perda da soberania nacional, privatizações e esfacelamento da indústria. Apresenta as possibilidades temáticas e oferece algumas reflexões.

De voz serena e posições firmes o Pastor Ariovaldo Ramos recebe o SinproABC para a entrevista em sua casa. Estudou Teologia da Universidade Metodista, cursou Filosofia na USP é escritor e conferencista e tem sido cada vez mais requisitados por suas posições humanistas. Solidário a causa LGBT, defensor do estado Laico e um crítico contumaz da mercantilização da fé. 

Ariovaldo Ramos é integrante da Frente de Evangélicos pelo Estado de Direito. E considera que o “movimento golpista” iniciado em 2015 tem ferido de morte a democracia brasileira. Para ele, a mídia tem muito a ver com isso.
Na entrevista fala da importância do papel dos professores, da autonomia em sala de aula e o papel crucial para referendar as verdades históricas.
Pastor da Comunidade Cristã Renovada, Ariovaldo vê boa parte do conservadorismo evangélico conduzido por uma teologia voltada para o individualismo, e não para a construção da unidade humana. “Isso é a perda da visão da Trindade, do Deus como unidade”.

Ariovaldo é absolutamente contrário a que instituições religiosas usufruam de concessões de rádio ou televisão. E fala da pressão da extrema direita dentro da igreja. “Púlpito não pode ser transformado em palanque”

Com tentativa de despejo, Centro de Formação Paulo Freire corre risco de encerrar as atividades

 

O Centro de Formação Paulo Freire, localizado na cidade de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, está prestes a encerrar as atividades devido ao despejo solicitado pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), que determinou a imediata reintegração de posse.O espaço está localizado no Assentamento Normandia, criado em 1998, e conta com administração do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Nele são desenvolvidas várias atividades formativas para os assentados do estado. A casa tem capacidade para abrigar 240 pessoas e conta com um auditório que comporta até 800 espectadores. Além disso, o espaço tem cozinha, refeitório, telecentro, Academia das Cidades, Casa da Juventide e creche para criança. O interrompimento dessas atividades pode prejudicar milhares de pessoas, que precisam do serviço público gratuito.

A determinação foi aceita pelo juiz federal da 24ª Vara Federal de Caruaru. Confira:

”Caso não haja a desocupação espontânea do executado no prazo concedido, expeça-se mandado de reintegração na posse, ficando desde já autorizado: a) o uso de força policial, b) o arrombamento, se necessário, c) condução
coercitiva do executado para a DPF, em caso de resistência, d) a remoção dos bens móveis que estejam no imóvel e) remoção dos animais para o
"Curral de Gado" do Município de Caruaru/PE, ficando desde já autorizada a doação ou o abate desses semoventes.”

O movimento repudiou a tentativa de despejo justificando a importância do espaço para a população:

"O Centro de Formação deixou de ser um espaço do estado e passou a ser um espaço de formação do nordeste... Nessa nossa historia de avanços e conquistas, vários cursos e parcerias foram realizados com diversas universidades, entre elas: UFPE, UPE, IFPE, FIOCRUZ, UFRPE, UAG, IPA, e, mais recentemente, temos o curso de geografia com UPE."

A direção do movimento lembra também que no lugar existem três agroindústrias que pertencem a cooperativa agropecuária de Normandia que pertencem ao coletivo de boleiras.

 

via www.diariodepernambuco.com.br

Mais Lidas