Jornalista sofreu infarto fulminante na madrugada desta quarta-feira, depois de sair para jantar com amigos na noite de terça-feira

pha                              Na Na, foto, PHA, participando do,7o Congresso do SINPRO-ABC em 2014.

 

Morre Paulo Henrique Amorim aos 77 anos
Jornalista sofreu infarto fulminante na madrugada desta quarta-feira, depois de sair para jantar com amigos na noite de terça-feira. PHA, como era conhecido, atuou em grandes grupos de comunicação do País, tornando-se um crítico ferrenho do jornalismo praticado por esses grandes meios de comunicação, chegando a cunhar a sigla PIG para referir-se a eles: Partido da Imprensa Golpista.

PHA acionou a Comissão de Direitos Humanos da ONU contra o cerceamento à liberdade de expressão.

PHA estava na Record TV desde 2003. Recentemente, foi afastado do cargo de apresentador do Domingo Espetacular por pressão política do governo Bolsonaro. Ele acionou a Comissão de Direitos Humanos da ONU contra o cerceamento à liberdade de expressão.

O jornalista acumula passagens pela TV Manchete, TV Globo, TV Bandeirantes e TV Cultura. Na Record, também apresentou um telejornal e ajudou a criar o programa Tudo a Ver. A emissora informou, em nota, que mesmo afastado do Domingo Espetacular, ele continuaria disponível para outros projetos.

TRAJETÓRIA

PHA trabalhou também no jornal A Noite, a partir de 1961. Foi correspondente em Nova York da revista Realidade e também tem passagem pela Veja.

Em 1972, ganhou Prêmio Esso na categoria informação econômica pela reportagem “A renda dos brasileiros”, na Veja.

Entre 2000 a 2004, colaborou com o portal UOL, como âncora do programa UOL News, um dos pioneiros na produção de vídeo na internet.

Atualmente mantinha o blog e o canal no YouTube Conversa Afiada, em que abordava política e economia com viés analítico e com altas doses de sarcasmo. (editado do jornal GGN)


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Mais Lidas