SINPRO ABC se solidariza com as demais categorias e apoia todas as lutas da classe trabalhadora

WhatsApp Image 2021 03 22 at 13.10.31Contra a incompetência e a inércia do presidente Jair Bolsonaro e a favor da vida dos brasileiros. Esses são os motes do Dia Nacional de Luta, em Defesa da Vida, da Vacina, do Emprego e do Auxílio-Emergencial de R$600, convocado pela CUT (Central Única dos Trabalhadores) e demais centrais sindicais, em forma de lockdown, para a próxima quarta-feira (24/3). 

“Ciente da gravidade do atual cenário de calamidade na saúde pública enfrentado no Brasil, o SINPRO ABC entende que o confinamento total, aliado a medidas como a vacinação em massa e o pagamento de auxílio à população, é essencial para evitar que mais e mais vidas sejam perdidas em razão da covid-19”, explica a presidente do Sindicato, Edilene Arjoni. 

Segundo a CUT, motivos não faltam para que a sociedade se mobilize de forma conjunta, uma vez que o caos avança nos hospitais das redes públicas e privadas em ritmo acelerado. Ao mesmo tempo, não há subsídios econômicos por parte do Governo Federal para amparar famílias e pequenos empresários, além dos índices de desemprego que crescem constantemente.

O ciclo de negligência, que envolve o descaso com questões sanitárias e financeiras, coloca em risco milhões de trabalhadores, que se expõem ao risco da contaminação ao enfrentar transporte público lotado em busca do sustento familiar. Por essa razão, o Dia Nacional de Luta, em Defesa da Vida, da Vacina, do Emprego e do Auxílio-Emergencial de R$600 é uma forma de pressionar as autoridades políticas sobre suas responsabilidades e cobrar ações efetivas. É o momento de engrossar o coro em defesa pela vida.

No dia 24 de março, mostre a sua força, solidariedade e indignação e compartilhe em suas redes sociais o pedido pela dignidade dos trabalhadores brasileiros.


Mais Lidas