REITORIA DEMITE LIDERANÇAS PRA INTIMIDAR PROFESSORES

A reitoria da Fundação Santo André demitiu, no inicio dessa semana, os professores José Carlos Oliveira e Vanderley Mariano, duas lideranças da mobilização dos professores que, desde dezembro do ano passado, lutam contra a retirada de direitos promovida pelo atual reitor, José Francisco Milreu.

As demissões desses professores visam esvaziar a mobilização e calar os professores para consolidar um projeto de retirada de direitos, jogando nas costas dos docentes 15 anos de desmandos administrativos. A demissão do professor José Carlos, 27 anos de casa na Fundação, se reveste de uma importância impar por ser, ele, dirigente sindical, mostrando até onde quer chegar essa reitoria ao demitir um docente com estabilidade.

O movimento dos professores da Fundação reivindica o simples direito de receber os seus salários, inclusive 13º que não é pago desde 2015, nem o FGTS é recolhido! Lutam contra o aniquilamento do plano de carreira e contra a precarização do ensino e o completo esvaziamento dos concursos vestibulares levados a cabo pela desastrosa gestão da atual reitoria e reivindicam, ainda, a reintegração imediata de todos os demitidos desde dezembro, com base em parecer duvidoso de uma comissão de sindicância sem isenção, pois é composta de três pessoas de confiança do reitor que esta sob sindicância ,   

A diretoria do SinproABC repudia essa nova onda de demissões articulada pela comissão de sindicância acusada de acobertar atos do atual reitor e conclama a comunidade acadêmica e a sociedade em geral a se unirem na defesa da Fundação Santo André, patrimônio cultural do ABC, e na preservação dos direitos dos seus funcionários e professores.

Sidnicato dos Professores do ABC


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Mais Lidas